Editor do Website / Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). CREMERS 28361 / RQE 20242
 
 
   
ENTRE EM CONTATO
Fone: (51) 3378.9995
America Business Square
Rua Soledade, 569 Conj. 907B
Três Figueiras - 90470-340
 
 
 
DOENÇAS E MODALIDADES DE TRATAMENTO
Esfíncter Urinário Artificial proporciona melhora da incontinência urinária em pacientes submetidos à prostatectomia radical

Segundo as estimativas do INCA, o Instituto Nacional de Câncer, 4.510 novos casos de câncer de próstata foram diagnosticados em homens no estado do Rio Grande do Sul no ano de 2010. Este é o tipo de tumor maligno que mais afeta os homens no estado. Quando o diagnóstico é realizado precocemente, existem tratamentos extremamente efetivos para proporcionar a cura da doença.


Um dos tratamentos mais indicados com intenção de cura dos tumores de próstata é a “prostatectomia radical”, ou seja, a remoção total da próstata. Esta cirurgia pode ser realizada por via aberta (convencional), videolaparoscopia ou robótica. Todas estas alternativas apresentam excelentes resultados oncológicos.


Contudo, uma das principais complicações da remoção cirúrgica da próstata é a incontinência urinária. Estima-se que 5 a 10% dos pacientes permanecerão com perda involuntária de urina após 12 meses do procedimento cirúrgico, com prejuízo importante à qualidade de vida.


O tratamento inicial da incontinência urinária pós-prostatectomia inclui medidas conservadoras como a fisioterapia do assoalho pélvico, uso de medicamentos e medidas comportamentais (urinar mais frequentemente durante o dia, por exemplo).


Para os casos mais severos e persistentes, após cerca de 1 ano do procedimento cirúrgico, o tratamento padrão-ouro é o implante do esfíncter urinário artificial. Este implante é realizado por técnica minimamente invasiva e curta permanência hospitalar.


Este sistema também é chamado de AMS 800 e produzido por uma companhia americana. Consiste de 3 peças implantáveis (vide figura abaixo):

  1. Manguito (ou “cuff”)
  2. Bomba (ou “pump”)
  3. Reservatório


Estas três peças, compostas de silicone e outros materiais sintéticos, são interligadas por um sistema canalicular, onde circula soro fisiológico estéril. O manguito é a parte que fica ao redor da uretra, repleto de líquido quando o paciente está em repouso. Este líquido comprime a uretra e evita a ocorrência da incontinência urinária. Quando o paciente precisa urinar, há necessidade de apertar a bomba (presente abaixo da pele da bolsa escrotal). Esta manobra faz com que o líquido do manguito seja automaticamente deslocado para um reservatório (localizado no interior da pelve). Após cerca de 3 a 5 minutos, o líquido retorna para o manguito e mantém a continência urinária.

FIGURA: Esfíncter Urinário Artificial (AMS 800)


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O implante do esfíncter urinário artificial proporciona melhora ou cura da incontinência urinária em 80% dos pacientes e este resultado é mantido em longo prazo. Contudo, a técnica não é desprovida de complicações.  Dentre os problemas que podem acontecer após o implante podemos citar infecção, falha do dispositivo, lesões da uretra, entre outros.


Boa notícia

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) incluiu o esfíncter urinário artificial no seu rol de procedimentos para o ano de 2014. Na prática, isto significa que os planos e convênios de saúde terão que proporcionar esta modalidade de tratamento aos seus clientes. Esta medida irá beneficiar muitos pacientes urológicos que sofrem com a incontinência urinária.


Artigo sobre técnica cirúrgica do implante do esfincter urinário artificial

Confira também o link para o artigo publicado na Revista Urologia Essencial sobre o implante do esfíncter urinário artificial (AMS 800):


http://urologiaessencial.org.br/pdf/ed_1_2014/tecnica_cirurgica.pdf


Dr. Márcio Averbeck

CREMERS 28361

Médico Urologista – Mãe de Deus Center (Porto Alegre)

marcio@averbeck.com.br



Tags: Esfíncter | prostatectomia | INCA | ANS |
 
 
         
AVALIE SEUS SINTOMAS
 

Tabelas de Partin

IPSS - International Prostatic Symptom Score

Escala de Sintomas do Envelhecimento Masculino

Nomograma Sobrevida Livre de Recidiva Bioquímica após Prostatectomia Radical Retropúbica

Questionário de Avaliação de Bexiga Hiperativa - OAB - V8

Diário Miccional (Modelo)

AGENDA DE EVENTOS
 
31/12/2014 - 3RD INTERNATIONAL NEURO-UROLOGY MEETING - ZURIQUE/SUÍÇA

"O Dr. Márcio Averbeck foi convidado a palestrar no congresso realizado pela Swiss Continence Foundation (Fundação Suíça de Continência) na Universidade de Zurich no final do mês de Agosto/2014. O Dr. Márcio foi o representante da América Latina neste importante evento e palestrou sobre "cateteterismo vesical" e sobre "tratamento da impotência sexual em pacientes lesados medulares"."

 

01/08/2014 - CONGRESSO COLOMBIANO DE UROLOGIA

"O Dr. Márcio Averbeck participou como palestrante no Congresso Colombiano de Urologia, realizado em Cartagena de las Índias no mês de agosto de 2014. O tema da palestra foi o tratamento da incontinência urinária masculina, incluindo o implante de slings e do esfíncter urinário artificial. O Dr. Márcio foi honrado com o título de "Membro Correspondente Estrangeiro" da Sociedade Colombiana de Urologia, recebendo certificação das mãos do Dr. Maurício Plata - Presidente da S.C.U., em cerimônia oficial no dia 16/08/2014."

 

 

 

         
 
Dr. Márcio Augusto Averbeck - Todos os Direitos Reservados