Editor do Website / Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). CREMERS 28361 / RQE 20242
 
 
   
ENTRE EM CONTATO
Fone: (51) 3378.9995
America Business Square
Rua Soledade, 569 Conj. 907B
Três Figueiras - 90470-340
 
 
 
DOENÇAS E MODALIDADES DE TRATAMENTO
Disfunção Sexual

 

As disfunções sexuais mais comuns incluem a disfunção erétil (ou impotência sexual) e os problemas de ejaculação (ou disfunções ejaculatórias). São transtornos muito comuns e a maioria tem tratamento eficaz com medicações.

 

DISFUNÇÃO ERÉTIL

 

A disfunção erétil, popularmente chamada impotência sexual, é a incapacidade do indivíduo em obter e/ou manter ereção suficiente para completar o ato sexual. Pode ter várias causas, desde transtornos psicológicos até doenças orgânicas. As doenças ou condições mais implicadas como causas da disfunção erétil são a hipertensão arterial, o diabetes mellitus, a aterosclerose, o tabagismo, a obesidade e o estresse. Os problemas de relacionamento entre os parceiros são também consideradas causas comuns.

 

O tratamento depende da causa, mas, em geral, baseia-se no combate aos fatores de risco e no uso de medicamentos “facilitadores da ereção”. Existem drogas orais e injetáveis. Quando não são eficazes, pode ser necessário o implante de próteses penianas. O controle adequado das doenças associadas e a mudança do estilo de vida são fundamentais. Nos casos de transtornos psicológicos, a psicoterapia voltada para o problema é necessária.

 

EJACULAÇÃO RÁPIDA (PRECOCE)

 

Pode afetar de 20 a 30% dos homens em alguma fase da vida. Acontece quando o homem não é capaz de controlar a ejaculação para que o casal consiga aproveitar a relação sexual.

 

É classificada em:

 

  • Ejaculação precoce primária: quando a ejaculação rápida é notada desde as primeiras relações sexuais.
  • Ejaculação precoce secundária: quando surge numa fase da vida após algum evento que marca o início das ejaculações rápidas.

 

O tratamento pode ser realizado com terapias comportamentais, terapia sexual, medicamentos orais e também pomadas (tipo anestésicos locais). É um problema crônico que, em geral, requer tratamento por tempo prolongado. Cerca de 70% dos pacientes obtêm melhora ou cura com o tratamento.

 

EJACULAÇÃO RETARDADA

 

É a dificuldade para atingir a ejaculação durante o intercurso sexual. Pode ter origem psicossexual ou orgânica e também estar relacionada com disfunção erétil ou uso de antidepressivos. O tratamento adequado depende da causa do problema.

 

ANOSGARMIA

 

Ocorre quando a pessoa não consegue atingir o orgasmo. Pode estar associada à ejaculação retardada. É pouco frequente e está relacionada ao uso de medicamentos antidepressivos e problemas psicológicos.

 

EJACULAÇÃO RETRÓGRADA

 

Ocorre quando o homem atinge o orgasmo mas não emite o líquido espermático para o meio externo, e sim para a bexiga. Podemos encontrar o esperma misturado à urina, após o orgasmo. Pode aparecer em conjunto com doenças neurológicas, diabetes, traumas medulares (paraplegias) e ao uso de certos medicamentos. Algumas cirurgias de próstata e grandes cirurgias abdominais podem causar tal alteração. O tratamento se baseia no uso de medicações específicas. Nos casos em que há interesse em gestação e o tratamento com medicamentos não consegue corrigir o problema, é possível separar o esperma da urina colhida após o orgasmo para realizar fertilização assistida.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

Campbell-Walsh UROLOGY, 9th Edition

Sociedade Brasileira de Urologia (SBU)

 

Data de criação: 12 de Dezembro de 2010

Data da última modificação: 21 de Janeiro de 2011



Tags: Disfunção Sexual | Impotência sexual | ejaculação rápida | ejaculação precoce | ejaculação retardada | ejaculação retrógrada | anosgarmia |
 
 
         
AVALIE SEUS SINTOMAS
 

Tabelas de Partin

IPSS - International Prostatic Symptom Score

Escala de Sintomas do Envelhecimento Masculino

Nomograma Sobrevida Livre de Recidiva Bioquímica após Prostatectomia Radical Retropúbica

Questionário de Avaliação de Bexiga Hiperativa - OAB - V8

Diário Miccional (Modelo)

AGENDA DE EVENTOS
 
31/12/2014 - 3RD INTERNATIONAL NEURO-UROLOGY MEETING - ZURIQUE/SUÍÇA

"O Dr. Márcio Averbeck foi convidado a palestrar no congresso realizado pela Swiss Continence Foundation (Fundação Suíça de Continência) na Universidade de Zurich no final do mês de Agosto/2014. O Dr. Márcio foi o representante da América Latina neste importante evento e palestrou sobre "cateteterismo vesical" e sobre "tratamento da impotência sexual em pacientes lesados medulares"."

 

01/08/2014 - CONGRESSO COLOMBIANO DE UROLOGIA

"O Dr. Márcio Averbeck participou como palestrante no Congresso Colombiano de Urologia, realizado em Cartagena de las Índias no mês de agosto de 2014. O tema da palestra foi o tratamento da incontinência urinária masculina, incluindo o implante de slings e do esfíncter urinário artificial. O Dr. Márcio foi honrado com o título de "Membro Correspondente Estrangeiro" da Sociedade Colombiana de Urologia, recebendo certificação das mãos do Dr. Maurício Plata - Presidente da S.C.U., em cerimônia oficial no dia 16/08/2014."

 

 

 

         
 
Dr. Márcio Augusto Averbeck - Todos os Direitos Reservados