Editor do Website / Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). CREMERS 28361 / RQE 20242
 
 
   
ENTRE EM CONTATO
Fone: (51) 3378.9995
America Business Square
Rua Soledade, 569 Conj. 907B
Três Figueiras - 90470-340
 
 
 
DOENÇAS E MODALIDADES DE TRATAMENTO
Estudo Urodinâmico / Urodinânica

bexigaEstudo Urodinâmico

 

O Estudo Urodinâmico, também chamado de “Urodinâmica”, é um exame que tem como objetivo demonstrar a função do trato urinário inferior. Em termos práticos, este exame mostra se a bexiga consegue cumprir sua função: armazenar urina sob baixa pressão e proporcionar adequado esvaziamento (micção normal).

 

 

O armazenamento de urina e o esvaziamento da bexiga envolvem uma série de fatores. Distúrbios dessas funções podem provocar alterações que se expressam através de diminuição do jato urinário (jato urinário fraco), retenção urinária, micções diurnas ou noturnas freqüentes, incontinência urinária, dor, etc.

 

A urodinâmica é um exame importante em determinadas circunstâncias:

* Aumento da próstata (avalia a presença de obstrução ao fluxo urinário pela próstata, bem como o estado funcional da bexiga)

* Incontinência urinária na mulher (determina a causa exata da perda de urina, para proporcionar um tratamento mais adequado)

* Incontinência urinária no homem (exemplo: incontinência urinária pós- prostatectomia)

* Pacientes com lesões neurológicas (“bexiga neurogênica”)

* Crianças com meningomielocele

 

A solicitação do exame deve ser feita pelo médico, com o objetivo de determinar com maior exatidão a causa dos sintomas urinários do paciente.

 

Orientações sobre o exame:

 

Como é realizado?

 

A primeira parte do exame consta de uma entrevista e esclarecimento de todas as dúvidas relativas ao procedimento.

 

A seguir o paciente deve urinar para que possa ser medido o fluxo urinário (a primeira etapa do exame é chamada de urofluxometria livre).

 

Então, uma sonda fina é colocada através da uretra (canal da urina), com auxílio de um gel anestésico. Esta sonda permite verificar a pressão no interior da bexiga durante o enchimento com soro estéril. Outra pequena sonda é introduzida através do reto, para medição da pressão abdominal.

A introdução destas pequenas sondas não machuca, e é muito bem tolerada pelos pacientes.

 

O tempo médio de duração do exame é de uma hora.

 

Após a realização do exame poderá ocorrer aumento da sensibilidade uretral (geralmente por 1 ou 2 dias).

 

O que fazer no dia do exame?

 

  • Trazer uma lista de todos os medicamentos que vem sendo ingeridos; diário miccional (se disponível); exames de ultra-som ou exames laboratoriais recentes.
  • Procure chegar cerca de 30 a 40 minutos antes da hora marcada (você terá tempo de ingerir líquidos, fazer o cadastro, etc).
  • Faça uma refeição leve.
  • Venha com a bexiga confortavelmente cheia.
  • Não urine ao chegar no consultório.

 

Não há restrições quanto à alimentação e não é necessário jejum, beba bastante líquido para encher a bexiga mais facilmente.

Se possível, venha com a bexiga confortavelmente cheia. Se você é incapaz de reter urina na bexiga ou está usando uma sonda, não siga esta orientação. Se você tem uma incontinência leve, procure reter o máximo possível.

 

Antiobióticos:

Você irá receber o antibiótico no local do exame, ou uma receita para comprar o medicamento imediatamente após o exame.

 

CUIDADOS APÓS A AVALIAÇÃO URODINÂMICA.

 

Se você recebeu antibiótico, siga rigorosamente à orientação da prescrição.

 

Você poderá sentir certo grau de desconforto ou ardência uretral que deve desaparecer em 24 horas.

 

Pode haver algum grau de sangramento urinário que na maioria das vezes se manifesta através de raias de sangue ou pequenas gotas que freqüentemente desaparecem rapidamente.

 

Caso apresente sintomas tais como febre, calafrios, ardência urinária e aumento da freqüência miccional após o exame, procure auxílio médico. Pode ser necessário realizar exame de urina para descartar infecção urinária.



Tags: Urodinâmica | Estudo Urodinâmico | avaliação da bexiga | disfunção miccional | disfunções miccionais | incontinência urinária | perda de urina | bexiga hiperativa | retenção | aumento da próstata | HPB | Hiperplasia Prostática Benigna | Meningomielocele | dificuldade para urinar | Dr. Márcio Averbeck | Averbeck | urodinamica | urodinamico | estudo urodinamico | estudo urodinamico completo | estudo urodinâmico completo |
 
 
         
AVALIE SEUS SINTOMAS
 

Tabelas de Partin

IPSS - International Prostatic Symptom Score

Escala de Sintomas do Envelhecimento Masculino

Nomograma Sobrevida Livre de Recidiva Bioquímica após Prostatectomia Radical Retropúbica

Questionário de Avaliação de Bexiga Hiperativa - OAB - V8

Diário Miccional (Modelo)

AGENDA DE EVENTOS
 
31/12/2014 - 3RD INTERNATIONAL NEURO-UROLOGY MEETING - ZURIQUE/SUÍÇA

"O Dr. Márcio Averbeck foi convidado a palestrar no congresso realizado pela Swiss Continence Foundation (Fundação Suíça de Continência) na Universidade de Zurich no final do mês de Agosto/2014. O Dr. Márcio foi o representante da América Latina neste importante evento e palestrou sobre "cateteterismo vesical" e sobre "tratamento da impotência sexual em pacientes lesados medulares"."

 

01/08/2014 - CONGRESSO COLOMBIANO DE UROLOGIA

"O Dr. Márcio Averbeck participou como palestrante no Congresso Colombiano de Urologia, realizado em Cartagena de las Índias no mês de agosto de 2014. O tema da palestra foi o tratamento da incontinência urinária masculina, incluindo o implante de slings e do esfíncter urinário artificial. O Dr. Márcio foi honrado com o título de "Membro Correspondente Estrangeiro" da Sociedade Colombiana de Urologia, recebendo certificação das mãos do Dr. Maurício Plata - Presidente da S.C.U., em cerimônia oficial no dia 16/08/2014."

 

 

 

         
 
Dr. Márcio Augusto Averbeck - Todos os Direitos Reservados